Escrevendo Textos...: Ainda encontro a fórmula do amor...

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Ainda encontro a fórmula do amor...

Por muito tempo gostei de alguem que saiba da existência de meu amor, hoje ele sabe que eu tenho grande admiração por ele. E por varias vezes ele deixava meu dia mais feliz por apenas um 'Oi', eu tinha a vontade de tranformar essa felicidade em um sentimento constante em minha vida, até que eu dia resolvi pedir a uma amiga para falar que achava ele especial. E ele disse que também parecia ser especial, que era pra eu falar com ele quando eu o visse. Mas nas duas oportunidades que eu tive eu não fiz, o que frustrada. Porém, tive mais que um 'Oi', tive um abraço e um carinho. Mantendo a esperança e com pensamento "Deixa as coisas acontecem devagar, tudo tem seu tempo, uma hora vai acontecer!", fui levando essa história, e esperando sempre uma nova oportunidade. Hoje tive a notícia que ele mudará de cidade, que talvez nem o simples 'Oi' dele eu tenha mais, agora eu penso que tudo o que fiz foi jogar fora as oportunidades que tive, que eu não as agarrei com força e coragem, deixei elas escaparem... Agora quando virá uma outra paixão como essa??? Me pergunto "Qual será a tal fórmula do amor???", será que é correr atrás de um amor ou simplesmente deixar ele vir até você como uma borboleta... Vou deixar a rua me leva - Ana Carolina
Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor Há outras coisas no caminho onde eu vou As vezes ando só, trocando passos com a solidão Momentos que são meus, e que não abro mão Já sei olhar o rio por onde a vida passa Sem me precipitar, e nem perder a hora Escuto no silêncio que há em mim e basta Outro tempo começou pra mim agora Vou deixar a rua me levar Ver a cidade se acender A lua vai banhar esse lugar Eu vou lembrar você É mas tenho ainda muita coisa pra arrumar Promessas que me fiz e que ainda não cumpri Palavras me aguardam o tempo exato pra falar Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir Já sei olhar o rio por onde a vida passa Sem me precipitar, e nem perder a hora Escuto no silêncio que há em mim e basta Outro tempo começou pra mim agora Vou deixar a rua me levar

5 comentários:

Crys disse...

Olá
Sabe,eu acredito que as coisas quando são para ser,acontece.Se vcs não conseguiram se acertar,é pq não tinha que ser..e talvez tenha sido bom.Imagina ,agora ele vai embora e como vc ficaria?
Aguarde pq o que é seu está guardado!
Gostei muito daqui!
Vou linkar seu Blog,posso?
bjs

Anny disse...

Oiiie!
Tbm amei seu blog,mas eu já havia passado por aqui e não consegui comentar...=//
tava na esperança de vc passar lá pelo meu de novo e aí eu poder te reencontrar!xD

Qnto a seu post,acho que,sei lá!
shauha
Esse ano,eu me "apaixonei" por um amigo que nem era tão amigo assim...
Mas eu tava numa dúvida horrorosa...Não sabia se me declarava ou se guardava aquela paixão para mim mesma...
Bom,eu resolvi apostar minhas fichas.Não acabou como eu queria,mas acabou da melhor maneira(será que realemente acabou??),tipo,conversamos e decidimos ser amigos.
Mas acho que meio que rola uma amizade colorida,pq sempre que ele vai sair ele me chama,sempre me ajuda em tudo e etc...
Mas vou deixar as coisas rolarem...
A gente só aprende a viver,vivendo!
Vc viu como dói não aproveitar oportunidades,e tenho certeza que não o fará de novo!!!


Ahh,a propósito,eu sou A-P-A-I-X-O-N-A-D-A pela Ana Carolina...Amo demais...
bjo flor

Amandinha disse...

Oie, muito obrigada pela sua visita!
Volte Sempre =D

Quanto ao post, eu adorei, e gostei da música também...
bom como vc ja deve ter lido lá né eu acho que to afim de um carinha, só não sei se estou apaixonada, rsrs!
... Ah e até quem fim alguem que concorda comigo, dieta é INDISPENSAVEL! rsrs


beijo beijo ;*

R.Vinicius disse...

Eu creio que o amor é como uma Borboleta que pousa sem mais nem menos na nossa mão e fica quietinha, enquanto a observamos tão bela, mas há que se ficamos somente observando ela pode partir embora .. =/

Lembrei Fernando Pessoa que dizia que cartas de amor são ridiculas e se não fossem ridiculas jamais seriam cartas de amor. Outros amores hão de vir .. pois nascemos para amar ..

Abraço,

R.Vinicius

Anônimo disse...

Obrigado por Blog intiresny