Escrevendo Textos...: Fevereiro 2008

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Vidinha de roda gigante...

Eu to bem confusa, a cada vez mais, na faculdade está tão ruim... to me sentindo sozinha... não queria mais nem fazer... sinto tantas saudades do meu curso de técnico de informática... lá eu tinha amigos de verdade, não companheiros de turma... As pessoas da faculdade são estranhas demais, pessoas que já estão convivendo com você há um mês passam ao seu lado e nem falam ‘OI’... Pode ser minha culpa, mas eu converso ou faço coisas legais, mas no outro dia é a mesma coisa... Nossa é uma roda gigante... um dia vc fica muito feliz e em outros muito triste... Nem tenho aquela amiga pra comentar na sala sobre os meninos bonitinhos... e acho que nem vou ter! Nem sei que faço mais... Ta sendo tudo diferente do que pensei que seria... to sentindo que me iludi com um sonho... sonho que esta se perdendo a cada dia...

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Acordar, viver

Hoje acordei com uma formiguinha em meu coração... não sei o que é, mas estou com um pouco de medo... pode ser que seja coisa boa ou não... Mas tenho fé em Deus e tudo dará certo!!! Mas agora a tarde estou melhor, pois comecei a dar minhas aulas particulares... coisa que adoro fazer... além de ganhar um dinheirinho, ensino as crianças e ainda aprendo muito. Estou a três semanas na faculdade!!!
Acordar, viver
Como acordar sem sofrimento?
Recomeçar sem horror?
O sono transportou-me
àquele reino onde não existe vida
e eu quedo inerte sem paixão.
Como repetir, dia seguinte após dia seguinte,
a fábula inconclusa,
suportar a semelhança das coisas ásperas
de amanhã com as coisas ásperas de hoje?
Como proteger-me das feridas
que rasga em mim o acontecimento,
qualquer acontecimento
que lembra a Terra e sua púrpura
demente?
E mais aquela ferida que me inflijo
a cada hora, algoz
do inocente que não sou?
Ninguém responde, a vida é pétrea.
Carlos Drummond de Andrade

domingo, 24 de fevereiro de 2008

A feira de minha cidadezinha...

Acordei cedo, com conversas de meus pais dizendo que iriam à feira... a manhã estava com gostinho de passado... então fui junto, para um lugar que há tempos eu não ia. Lugar tradicional de minha cidadezinha, minha cidadezinha tão tradicional... Lá tem cheirinho de roça, de coisa boa e saudável pra comer... tem também cachorro e galinha vendidos a preço de banana. Mas agora a feira de minha cidadezinha anda se modernizando... ao meio de ferros de passar dos tempos antigos (aqueles bem antigos, que se esquentava com carvão), de carcaças de ventiladores, tinha para minha surpresa um teclado enrolado pelo seu fio (que na minha opinião não deve nem funcionar). Ao lado dos antigos discos tinha até CD's e DVD's piratas. Porém, a feira de minha cidadezinha continua tradicional, com pessoas honestas que dá gosto de compra legumes e verduras fresquinhas... continua com gostinho de passado, com cheirinho de saúde.

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Nosso tempo...

Hoje fazem 11 dias que estou na facul, acho q é pouco tempo, mas ando tentando acelerar as coisas. Acho que cada um tem seu tempo, uns levam menos de minutos para fazer uma amizade, uns demorar dias e outros nuncam conseguem fazer amizades. Isso é ligado a personalidade, quando a pessoa é um pouco tímida assim como eu se leva um pouco mais de tempo para se fazer amizades, mas acho tambem que isso depende muito com quem você esta fazendo amizade. Com algumas pessoas eu já falo bastante, já considero pessoas amigas, mas com outras ainda nem sei o nome. Enfim, isso é coisa de começo, de fase nova, tudo é novo e diferente, aí agente tem a mania de se fecha um pouco até ver no que vai acontecer... e comigo vai acontecer somente coisas muito boas!!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

O Caminho da vida...

O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido. (O Último discurso, do filme O Grande Ditador) Charles Chaplin

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Estou na Faculdade

Estou na Faculdade que sempre sonhei fazer que é de informatica... estou muito feliz, pois alem de estar realizando meus sonhos, estou fazendo e reencontrando amigos. Os professores são ótimos, ensinam em uma maneira diferente e extrovertida... isso é bom D++! Quero aproveitar tudo da melhor maneira que eu poder... sei que vão vir grande mudanças em minha vida e acho q isso vai fazer toda diferença!!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Carnaval

Primeiro ano de carnaval que eu vou curti de verdade, porque nas outras vezes era um problema aqui e outro lá ou minha mãe não deixava eu ir mesmo.Agora tá tudo diferente, tenho amigos que me fazem grande companhia e me protegem de certa forma. Tenho muito mais conhecidos pra falar oi ou conversarpor isso vai ter mais graça, mais diversão.Hoje vou me vestir de homem pela primeira vez... rsrsrs... mt legal!!!